segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Declaração de amor


      Clarice,
Eu vi sua entrevista há muito concedida e entendi que você não gosta que lhe olhem através do rótulo de escritora.
 A princípio, foi assim que te amei. Amei-te porque o livro de literatura disse que tu eras capaz de procurar e desvendar a própria identidade. Como eu queria ser capaz de encontrar a minha!