terça-feira, 6 de outubro de 2015

Fangirl - Resenha

 Toda e qualquer maneira de começar esta resenha será injusta. Quando um livro é muito bom, ele causa esse feito. Êxtase. Não sei por onde começar, nem o que dizer. São tantos balõezinhos de opiniões se manifestando agitadamente dentro da minha cabeça...
 Bom, é fato que este livro se tornou um divisor de águas na minha vida. E vocês vão entender porquê.
 Cath é uma maluca desesperada por histórias que nem eu: além de se envolver completamente, em todas as dimensões possíveis, com uma série de livros, ela dedica sua vida a escrever uma fanfic deles. Para ela, a história de Simon Snow e Baz é mais do que ficção - é uma extensão da sua alma transcrita em palavras.
 Ela tem uma irmã gêmea, Wren,com quem divide o amor pela história de Simon Snow, mas quando elas vão pra faculdade a irmã decide que precisa criar a sua própria vida além dos limites da amizade com Cath, e esta se vê sozinha num campus ainda desconhecido com uma colega de quarto que também desconhece.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Compartilhando links - dicas sobre escrita

  O Capitu Frustrada é, além de uma tentativa de expressão e compreensão - de mim mesma e minha sobre o mundo -, uma forma de me treinar e "domar" minha inspiração, a fim de que eu ganhe experiência e esta me torne capaz de escrever livros. 
  Nunca me encaixei completamente no mundo. Não cresci sabendo o que queria me tornar quando crescesse. Sempre tive amor pela literatura, porque fui muito estimulada quando criança, além da empatia que acabou rolando em mim e as palavras ao longo dos anos.
  Apesar disso me tornar única e peculiar, também me levou a várias crises existenciais: não saber o que sou, o que quero ser, porque quero ser e como me tornar tal. 
  A escrita caiu de paraquedas na minha história. Foi um susto e também um presente.